• 27/05/2018 - Todo Clichê do Amor: O filme Chega ao NET NOW
    Fechar

    Todo Clichê do Amor: O filme Chega ao NET NOW

    Depois de estrear no circuito Rio-São Paulo, o novo longa de Rafael Primot, Todo Clichê do Amor, chega ao NET NOW no dia 08 de junho para ser assistido quando, onde e quantas vezes quiser.

    Protagonizado por Marjorie Estiano, Débora Falabella e Maria Luísa Mendonça, o filme fala sobre afeto e relações amorosas através de histórias que se entrelaçam. O elenco ainda conta com Eucir de Souza, Gilda Nomacce, Amanda Mirásci, Clarissa Kiste, entre outros.

    O filme poderá ser assistido por clientes da Net e Claro TV no NOW pelo site nowonline.com.br ou aplicativo para tablets e smartphones. Os NETs, com pacote HD, também acessam a plataforma pelo canal 1 do controle remoto.

  • 21/05/2018 - PARAÍSO PERDIDO | CRÍTICA
    Fechar

    PARAÍSO PERDIDO | CRÍTICA

    Uma grata surpresa foi encontrada em ‘Paraíso Perdido’. O novo filme da cineasta Monique Gardenberg, que foi gravado em São Paulo, nos apresenta a jornada de uma excêntrica família. Trazendo a tona uma história repleta de desencontros, mas mostrando que ainda assim é possível ser feliz, o filme promete desencadear reflexões pessoais em cada um que o assista.

    Com produção musical assinada por Zeca Baleiro, a trilha vai além, e busca inclusive apoiar a narrativa desse drama, ilustrando todos os acontecimentos que abordam sentimentos de traição, vingança e paixão. Presenciamos em cena uma bela homenagem ao gênero musical que até hoje embala nossas vidas. Destaque principal do projeto, a trilha nos traz canções de Marcio Greick, Reginaldo Rossi, Paulo Sergio, Valdick Soriano e ainda Raul Seixas, Roberto & do próprio Erasmo. ‘Paraíso Perdido’ ecoa como uma poesia, do início ao seu fim, talvez sua montagem nos confunda por alguns instantes, mas nada tira o mérito por nos fazer recordar momentos de nosso passado, isso sem dúvida é um feito muito importante para um longa.

    O filme é digerido como uma história que poderíamos ter vivido, com amores que poderíamos ter tido, com dificuldades que certamente já passamos, e no final só quisemos que tudo acabasse bem. É sem dúvida uma mensagem bem passada e boa para ser absorvida.

    Matéria na integra.

  • 16/05/2018 - Anunciada como um formato inovador e elenco de luxo, “Justiça” desembarca na Colômbia
    Fechar

    Anunciada como um formato inovador e elenco de luxo, “Justiça” desembarca na Colômbia

    Anunciada como um formato inovador e elenco de luxo, “Justiça” desembarca na Colômbia

    Levada ao ar entre os meses de agosto e setembro de 2016, a minissérie “Justiça” chega à Colômbia pelo Canal RCN.

    Descrita como um formato inovador e um elenco de luxo, ela gira em torno de quatro casos de pessoas detidas na mesma noite. Suas histórias, aparentemente independente, logo se conectam.
    “A série, que chegará em breve pela tela do Canal RCN, conta com um inovador formato e um elenco de luxo, com os mais reconhecidos e destacados atores brasileiros, entre eles Adriana Esteves, Débora Bloch, Marjorie Estiano e Cauã Reymond”.

    Ódio, vingança, ressentimento, impotência e até amor são alguns dos elementos que levam os personagens a fazerem justiça por suas próprias mãos, com consequências que mudarão para sempre suas vidas.

    Continue lendo aqui

  • 14/05/2018 - “As Boas Maneiras” está a ser lançado em DVD
    Fechar

    “As Boas Maneiras” está a ser lançado em DVD

    Portugal – “As Boas Maneiras” está a ser lançado em DVD e na plataforma Filmin após uma aclamada exibição no festival IndieLisboa, pretexto para o SAPO Mag conversar com a corealizadora Juliana Rojas sobre esta inspirada recriação do mito do lobisomem.

    Se a cinematografia brasileira em alta, “As Boas Maneiras” inscreve-se sem dificuldades entre os mais belos e sofisticados exemplares a sair do país nos últimos tempos. O filme conta a história de uma mulher rica e solitária (Marjorie Estiano) que contrata uma “baby sitter” (a portuguesa Isabél Zuaa) para tomar conta do filho que ainda está por nascer.

    Esse é o ponto de partida para uma estranha e visualmente requintada parábola que utiliza velhos mitos góticos para uma abordagem sobre as dicotomias da sociedade brasileira atual. O filme, premiado no Festival de Locarno, foi realizado por Juliana Rojas e Marco Dutra, responsáveis por outra aventura num híbrido de géneros, “Trabalhar Cansa”, estreado em Cannes há sete anos.

    Em Lisboa, “As Boas Maneiras” teve uma antestreia acalorada e divertida no Capitólio, no âmbito do IndieLisboa, e o SAPO Mag aproveitou a presença da cineasta para conversar sobre o filme que agora é lançado em DVD e na plataforma Filmin após ter estreado em algumas salas portuguesas a 3 de maio.

    Leia a matéria completa aqui.

  • 05/05/2018 - Paraíso Perdido, longa-metragem de Monique Gardenberg, estreia dia 31 Maio
    Fechar

    Paraíso Perdido, longa-metragem de Monique Gardenberg, estreia dia 31 Maio

    Dez anos depois de “Ó paí, ó”, a diretora Monique Gardenberg volta às telas de cinema com Paraíso Perdido, um melodrama saboroso que conta, ao som de clássicos da música popular romântica, a história de uma excêntrica família de cantores unida por um amor incondicional.

    Nesta saga familiar marcada por encontros e desencontros, as histórias se entrelaçam e revelam pouco a pouco um enredo em que os laços de afeto sustentam os personagens e dão força para que sobrevivam às suas perdas e lidem com seus traumas. Monique bebe na fonte da tragédia grega para tratar de temas universais como abandono, traição, paixão e vingança.

    O filme, que estreia dia 31 de maio, traz o que Monique chama de “elenco dos sonhos”. Em seu retorno aos cinemas, Erasmo, que nos anos 1970 foi dirigido pelos irmãos Roberto e Reginaldo Farias, é o ex-professor de Literatura José, pai de Angelo (Julio Andrade) e Eva (Hermila Guedes). Ele tem ainda um filho adotivo, Teylor (Seu Jorge), seu confidente. A família se completa com seus netos Celeste (Julia Konrad), filha de Angelo, e a drag queen Imã, filho de Eva (interpretado pelo cantor e compositor paraense Jaloo, em sua estreia como ator).

    Em torno desse núcleo, estão o policial Odair (Lee Taylor), sua mãe, Nádia (Malu Galli), o professor de inglês Pedro (Humberto Carrão), o namorado de Celeste, Joca (Felipe Abib), e a misteriosa Milene (Marjorie Estiano), companheira de Eva no presídio.