• 02/08/2019 - Crítica: Sob pressão termina com mensagem de recomeço
    Fechar

    Crítica: Sob pressão termina com mensagem de recomeço

    Último episódio da temporada da série Sob pressão emocionou e trouxe um desfecho otimista. E, sim, o gancho para o quarto ano está lá!

    Recomeço. Essa é foi a palavra de ordem do último episódio da série Sob pressão, exibido na quinta-feira (25/7) com a “ameaça” de terminar a saga, mas também com o alento de que o programa volte em 2021, como acenou a Globo.

    Durante toda a temporada Marjorie Estiano brilhou como Carolina. No episódio final não foi diferente. Até em cenas simples, como a que a médica se despede dos colegas que liderou na emergência para abraçar o sonho de integrar uma organização na Amazônia, Marjorie mostra a que veio. É nos detalhes que vemos quem realmente é bom ator.

    Mas esse recomeço de Carolina sofre um atraso. Quando está a caminho do aeroporto, ela recebe uma ligação de Diana (Ana Flávia Cavalcanti) dizendo que está levando Evandro (Julio Andrade) para o hospital com overdose. No meio da conversa Diana bate o carro e o acidente deixa Evandro entre a vida e a morte.

    Ou seja, o ritmo do capítulo de despedida desta temporada de Sob pressão tem velocidade máxima e alto nível de tensão. É difícil relaxar e isso é ponto positivo para o roteiro de Jorge Furtado. “Recomeçar é muito difícil”, diz Vera a Diana em determinado momento. Elas sabem que sim: Diana volta para o interior e Vera vai começar de novo a ser mãe do filho que ela reencontrou com a ajuda do saudoso seu João (Perfeito Fortuna). Ela vai ter que reaprender a maternidade e que ter bastante paciência e amor.

    Paciência e amor também terão que ser a base de Carolina e Evandro caso eles queiram aparecer juntos numa aguardada quarta temporada. Carolina está na Amazônia quando Evandro, já de alta da clínica, a encontra e se declara para ela. A médica se faz de durona e não devolve os carinhos, mas deixa no ar que muito amor poderá vir por aí. Amor por Evandro, pelos pacientes, pela medicina.

    Leia mais:

  • 01/08/2019 - Marjorie Estiano fala sobre o fim da terceira temporada de ‘Sob Pressão’
    Fechar

    Marjorie Estiano fala sobre o fim da terceira temporada de ‘Sob Pressão’

    Sob Pressão chega ao fim com sucesso de audiência e trama bem elaborada

    Na noite da última quinta-feira, dia 25, Carolina (Marjorie Estiano) se despediu do São Tomé, mas um acidente de carro envolvendo Evandro (Julio Andrade) mudou seus planos mais uma vez. A trama fez parte do último episódio da terceira temporada de Sob Pressão, que encerrou mais um ciclo, mas não sua trajetória. Elogiada pelo público e pela crítica, a série médica terá uma nova temporada, ainda em desenvolvimento, sem previsão de produção ou data de estreia.
    “Fiquei realmente muito feliz com a continuidade do projeto. Acho que ainda temos uma infinidade de histórias para compartilhar, muito a oferecer”, afirma Marjorie.

    A série ganhou notoriedade logo no primeiro ano de exibição, quando apresentou dramas humanos e problemas sociais dentro de um ambiente caótico como o de um hospital público do Rio de Janeiro. “O fato de executar o próprio trabalho nas condições mais desfavoráveis é uma violência enorme”, avalia a atriz sobre a rotina de trabalho dos médicos da série. De lá para cá, ao longo das três temporadas, os episódios levantaram temas cujo debate é de extrema importância para a sociedade. De pacientes a médicos, a população se viu representada na pele de inúmeros atores como Marjorie, Julio, Drica Moraes, Pablo Sanábio, Bruno Garcia, Josie Antelo, Julia Shimura, Marcelo Batista, Jana Guinond, entre outros.

    Na trajetória da série, cada história que entrava na emergência se intercalou com situações da vida dos médicos de uma equipe dedicada e comprometida. “A relação com o Evandro tem alguns pontos de vulnerabilidade, mas essa realidade que eles vivem é um rolo compressor que passa por cima de qualquer estratégia de administração”, conclui Marjorie.

    Clique aqui para ler a matéria completa.

  • 31/07/2019 - Entrevista com Marjorie Estiano para a revista “Caras”
    Fechar

    Entrevista com Marjorie Estiano para a revista “Caras”

    Marjorie Estiano: O resultado é sempre mérito da equipe

    Carolina passou por vários momentos dramáticos ao longo da série, como de autoflagelo. Mas você acredita que esta temporada é a mais dramática para a personagem?

    Não poderia afirmar isso… Nas três temporadas, a personagem se deparou com conflitos de ordem muito profunda e complexa. As três temporadas revelam enfrentamentos e todos sempre somando em um repertório de experiências.

    Fale do desafio de gravar os planos-sequência desta temporada.

    Estávamos nervosos, excitados. Havia muita informação para apreender em muito pouco tempo. Ao mesmo tempo, foi muito especial porque ficamos em um estado de maior conexão com o todo. Fiquei especialmente nervosa porque eu estava doente naquele dia e esse episódio era muito vigoroso, despendia muita energia física e emocional. Não vi nada até ir ao ar. Assisti junto com todo mundo e fiquei emocionada com o resultado.

    Como foi receber a onda de elogios por sua atuação nessas cenas dos planos-sequência?

    Ficamos muito orgulhos. Falo em nome da equipe, o resultado é sempre um mérito da equipe, mas em um plano-sequência isso ficou ainda mais exacerbado. É a excelência do conjunto, de fato. Andrucha, Fernando Young, Lula Cerri, Felipe Lima, Jorge Saldanha… Câmera, foco, luz, som, elenco, elenco de apoio, contrarregra, coordenadores, assistentes, maquiagem, efeito… Todos, todos.

    Matéria completa clique aqui:

  • 29/07/2019 - Marjorie Estiano é indicada Melhor Atriz Coadjuvante no 24° Prêmio Guarani de Cinema
    Fechar

    Marjorie Estiano é indicada Melhor Atriz Coadjuvante no 24° Prêmio Guarani de Cinema

    As Boas Maneiras é o campeão de indicações deste ano, concorrendo em 13 categorias!

    Nada menos do que 50 filmes – entre longas e curtas, nacionais e estrangeiros, de ficção, documentário e animação – foram lembrados com ao menos uma indicação no 24o Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro, a maior e mais ampla premiação da crítica nacional.

    E o campeão de indicações deste ano é o drama sobrenatural As Boas Maneiras, de Juliana Rojas e Marco Dutra, que disputam 13 categorias. Logo em seguida vem o suspense O Animal Cordial, de Gabriela Amaral Almeida, com 11 indicações. Os dramas familiares O Beijo no Asfalto, de Murilo Benício, e Benzinho, de Gustavo Pizzi, ficaram empatados com 9 indicações, enquanto que o drama social Arábia, de Affonso Uchoa e João Dumans, aparece em sete categorias, Já Paraíso Perdido, de Monique Gardenberg, teve 6 indicações .

    Na Categoria Atriz Coadjuvante, cinco velhas conhecidas do Prêmio Guarani foram selecionadas nesta categoria neste ano. Fernanda Montenegro conquistou sua sétima indicação – ganhou em duas ocasiões, como Atriz, por Central do Brasil (1998), e como Coadjuvante, por Traição (2000). Drica Moraes concorre pela quarta vez, enquanto que tanto Marjorie Estiano quanto Adriana Esteves possuem duas indicações prévias, ambas com uma em cada categoria – Atriz e Atriz Coadjuvante.

    Marjorie Estiano também concorre na Categoria Elenco com o filme Paraíso Perdido, o longa de Monique Gardenberg concorre em outras 5 categorias.

    Todos os indicados às 24 categorias do 24o Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro foram escolhidos a partir de uma votação com mais de 50 críticos de cinema, professores, jornalistas e pesquisadores de todo o país.

    Os vencedores serão anunciados em 30 de agosto de 2019.

    Leia mais aqui

  • 28/07/2019 - MUITO A OFERECER, DIZ MARJORIE ESTIANO SOBRE SOB PRESSÃO
    Fechar

    MUITO A OFERECER, DIZ MARJORIE ESTIANO SOBRE SOB PRESSÃO

    Atriz comemorou o anúncio da quarta temporada e a importância da série

    Na noite da última quinta-feira (25), a elogiada série Sob Pressão exibiu o final da terceira temporada com, é claro, muitas emoções. A médica Carolina, vivida por Marjorie Estiano, se despede do hospital São Tomé, mas um acidente de carro envolvendo seu ex-marido Evandro, interpretado por Júlio Andrade, muda seus planos de última hora.
    Após boatos de um possível cancelamento, a produção médica elogiada pelo público terá uma nova temporada, ainda em desenvolvimento, sem previsão de gravação ou data de estreia.
    “Fiquei realmente muito feliz com a continuidade do projeto. Acho que ainda temos uma infinidade de histórias para compartilhar, muito a oferecer”, afirmou Marjorie.

    Sob Pressão ganhou notoriedade logo no primeiro ano de exibição, quando apresentou dramas humanos e problemas sociais dentro de um ambiente caótico como o de um hospital público no Rio de Janeiro.
    “O fato de executar o próprio trabalho nas condições mais desfavoráveis é uma violência enorme”, avaliou Marjorie sobre a rotina de trabalho dos médicos da série. De lá para cá, ao longo dos três anos, os episódios levantaram também outros temas importantes como corrupção e falta de equipamentos básicos.

    Além dos protagonistas, o seriado contou com um elenco de peso, tendo Drica Moraes, Stepan Nercessian, Pablo Sanábio, Bruno Garcia, Josi e Antelo, Julia Shimura, Marcelo Batista, Jana Guinond entre outros.

    Leia mais: